«

»

ago 15

A História da Oakley

A História da Oakley

A californiana OAKLEY, que ganhou notoriedade com os desenhos espalhafatosos de seus óculos, tornou-se uma das marcas mais cobiçadas do mundo, utilizando tecnologia de ponta aliada a uma linha de design futurista. A marca inflama a imaginação das pessoas pela fusão da arte com a ciência, criando produtos que representam seu compromisso com a excelência, uma paixão que redefine o que é possível para aqueles que desafiam seus próprios limites. Após mais de três décadas de vida, os óculos da marca compõem o uniforme de atletas do porte do ciclista americano Lance Armstrong, do velejador Robert Scheidt, da triatleta Fernanda Keller, além de grandes nomes do automobilismo.
história da oakley

A história da Oakley
Tudo começou em meados dos anos 70 quando o “cientista” Jim Jannard, um jovem desertor do curso de farmácia da Universidade de Southern California e aluno rebelde e aventureiro, deixou a faculdade e passou a vender equipamentos de motocicletas na carroceria de sua caminhonete em eventos de MotoCross, esporte que praticava em seus tempos de folga. Em 1975, munido de apenas US$ 300 e um laboratório improvisado na garagem de sua casa, criou manoplas de motocicletas (capas que revestem as extremidades do guidão) com design e material inovadores – de forma orbicular, projetadas para receber a mão do piloto que, feitas de um material chamado unobtanium, uma espécie de borracha hidrofílica, proporcionava adesão perfeita quando em contato com a água, permitindo assim executar manobras com muito mais segurança. Esse material é até hoje utilizado nos óculos da marca, principalmente no suporte do nariz. Algum tempo depois, ele percebeu que somente a venda das manoplas não havia trazido tanto sucesso quanto esperava. Era preciso criar algo diferente.

Como um grande empreendedor, pensou desenvolveu óculos que pudessem ser utilizados nas “pistas” e trouxessem, além de qualidade ótica, resistência a impactos e proteção contra os raios nocivos do sol. Isto ocorreu em 1980 com o lançamento do O FRAME MX, conhecido como Goggles, que com seu designer curvilíneo e lentes especiais rapidamente encontrou adeptos entre atletas profissionais como Mark Barnett, Marty Smith, Johnny O‘Mara e Jeff Ward, que passaram a utilizá-los devido a sua claridade e ampla visão periférica. Apesar disso, mais uma vez, os óculos que continham o logotipo da marca na alça para que fosse reconhecida mais facilmente, não obteve sucesso, e acabou retirado do mercado tempos depois.

Tênis Oakley Feminino
Em 1983 foram introduzidos na linha de produtos da marca óculos especiais para a prática de esqui na neve, que foram batizados de O FRAME SNOW. Em pouco tempo o logotipo da marca, presente na lateral dos goggles, se tornou um símbolo de peso no circuito esportivo mundial. A da marca história começou a mudar em 1984 quando a OAKLEY lançou um óculos escuro chamadoEyeshades, que era feito de plástico e tinha lentes removíveis. Esses óculos foram popularizados por Greg LeMond, vencedor do Tour de France, e outros ciclistas profissionais. Rapidamente os óculos da marca ganharam enorme reputação em virtude da alta qualidade e estilo único, levando a OAKLEY a se expandir e ficar conhecida, não somente nos Estados Unidos como também em outros países do mundo. A partir de então, a OAKLEY começou a introduzir novos modelos de óculos de sol, entre eles o Blades (primeiros óculos personalizáveis do segmento), X-Metal (com a primeira armação toda de metal esculpida em 3-D do mundo, esse modelo foi amplamente utilizado por Michael Jordan, Ichiro Suzuki e Juan Pablo Montoya), Half Jacket (cujas lentes podiam ser trocadas em segundos, oferecendo o melhor desempenho possível para as condições atuais de luz), Sub Zeros (mais leve do que qualquer modelo de óculos de sol do mundo, com lentes criadas a partir de um contorno único e contínuo de Plutonite®) e M-Frame (primeiros óculos personalizáveis do mercado).

Óculos Oakley
A marca registrou mais de 600 patentes (que vão desde proteção para lentes de óculos até peças específicas da haste) e 1.100 marcas, incorporando alta tecnologia na sua linha de óculos. A empresa utiliza desde materiais como Titânio, Magnésio, Acetato, até Kevlar na confecção de seus óculos. Somente em julho de 1999 a marca inaugurou sua primeira loja própria, chamada O Store, na cidade de Irvine, estado da Califórnia. O sucesso da loja levou a inauguração de seu primeiro outlet (loja de desconto) na cidade de Milpitas, também na Califórnia.

A marca ganhou tanta força que os executivos da empresa resolveram estender o estilo e inovação à outras linhas de produtos. Em 2000, foram criadas e desenvolvidas linhas de roupas e acessórios, o que converteu a OAKLEY em uma grife de estilo de vida. Para ter uma idéia da velocidade dessa expansão, somente em 2002 a marca lançou nada menos que 413 novos produtos no mercado. Aos poucos a OAKLEY foi expandindo ainda mais sua gama de produtos e ao mesmo tempo, que quebrou as barreiras da tecnologia em óculos, que vão desde US$ 65 à US$ 375, ingressou no mercado de calçados, relógios, vestuário e demais acessórios esportivos. No final de 2007 o grupo italiano Luxottica, maior fabricante mundial na produção, fabricação e distribuição de óculos de sol, anunciou a fusão com a OAKLEY, avaliada em aproximadamente US$ 2.3 bilhões.

Recentemente, em 2008, a marca americana lançou uma polêmica linha de produtos. A OAKLEY não queria, definitivamente, discrição. A marca introduziu no mercado americano uma touca repleta de dreadlocks, tipo de penteado muito comum entre os cantores de reggae, e batizou-a deOakley Medusa Hat. Para combinar, a marca criou óculos bem grandes e cheios de estilo que podem ser usados em pistas de esqui. Outro recente lançamento da marca é a linha Elite, formada por relógios, botas e óculos produzidos em fibra de carbono, material leve e extremamente resistente. O resultado foi tão bom que até o exército americano encomendou milhares de botas da linha Elite para seus soldados, um projeto que demorou dois anos para se concretizar.

Bermuda Oakley

Um dos segredos do sucesso da marca está justamente na filosofia de distribuição seletiva que pratica. Os varejistas são criteriosamente selecionados por sua capacidade em agregar mais valor à tecnologia OAKLEY, tendo como alvo lojas de varejo especializadas para uma contínua infiltração no mercado. A empresa se dedica ao treinamento de sua equipe de vendas aperfeiçoando sempre a imagem da marca. O resultado é uma apresentação impecável e apaixonada do produto ao cliente. Além disso, procurando conciliar o esporte, a tecnologia e a moda, a OAKLEY tem conseguido cada vez mais agradar aos mais diversos estilos, que identificam a marca como sinônimo de qualidade e de investimento no jovem. A marca inventa cada novo produto com uma filosofia de design chamada física escultural: a disciplina de resolver os problemas com ciência envolvendo essas soluções com arte. Com apoio de uma infraestrutura que inclui as mais recentes ferramentas da tecnologia, os engenheiros e artesãos da empresa continuam expandindo a gama de categorias de produtos da empresa. E sempre com enorme sucesso junto ao público formador de opinião e atletas profissionais de ponta.

Chinelo Oakley
A linha do tempo
1993

● Criação da RX DIVISION, divisão de prescrição da OAKLEY para atuar em três áreas: as lentes solares com prescrição, as armações de receituário e o laboratório. Hoje em dia a marca oferece uma linha completa de armações oftalmológicas e de lentes corretivas solares que são reconhecidas como algumas das melhores óticas de prescrição disponíveis. Laboratórios de serviço completo nos Estados Unidos, Europa e Ásia levam as melhores tecnologias óticas do mundo para os mercados locais. As lentes de prescrição da marca são oferecidas em um espectro completo de cores, opções de polarização e revestimentos de desempenho. As tecnologias incluem armações de metal com memória de forma; Cor Inerente para lentes que nunca desbotam; lentes OAKLEY ACTIVATED BY TRANSITIONS™, que escurecem e clareiam automaticamente; a primeira lente de prescrição do mundo realmente intercambiável; e o sistemaOAKLEY RX, que mapeia os raios de luz em uma grade 3D para assegurar uma coordenação precisa entre o olho e a superfície da lente inteira.
1994
● Lançamento da linha de óculos OAKLEY EYE JACKETS, com geometrias de lente que mantinham a claridade ótica ao longo do contorno inteiro da lente. Oferecendo uma visão clara, precisa e incorruptível do mundo de todos os ângulos de visão, este avanço tecnológico foi honrado com cinco patentes separadas.
1998
● Lançamento da mochila ICON BACKPACK com alta tecnologia, desenvolvida para esportes radicais como o alpinismo.
● Lançamento de seus primeiros calçados esportivos, chamados O SHOES, vendidos ao preço de US$ 125 e que utilizavam as mesmas fibras balísticas usadas em coletes à prova de balas.
● Lançamento dos primeiros relógios de pulso chamados TOME BOMB, com preços que variavam entre US$ 1.300 e US$ 1.500. Era um relógio de pulso que nunca precisaria de baterias ou corda. Uma obra de arte que mesclava ciência com escultura para conseguir aquilo que nenhum relógio comum podia oferecer: a autenticidade da verdadeira inovação.
2002
● Lançamento da ASSAULT BOOT, espécie de bota de assalto para combate, desenvolvida primeiramente a pedido do exército americano, para ser utilizada pela Força Especial de Elite (Elite Special Force). A bota era confeccionada com material extremamente leve e anti-fogo, possuindo sistema anti-choque e design atlético.

2004
● Lançamento no mês de dezembro do OAKLEY THUMP, primeiro modelo de óculos eletrônico da indústria mundial, integrado a um MP3 Player. Meses antes, a marca causou certo “frisson” na prova de ciclismo mais famosa do mundo: a Volta da França (Tour de France). Isso porque o ciclista Lance Armstrong, um dos poucos atletas patrocinados pela marca, apareceu com óculos que possuía um MP3 Player incorporado. O design revolucionário integrava harmoniosamente um aparelho de áudio e fones de ouvido diretamente em uma armação. Não havia mais fios, somente ótica de alto desempenho moldada com um mecanismo de áudio digital de última geração. Um sucesso de vendas nos Estados Unidos.
2005
● Lançamento do OAKLEY RAZRWIRE, primeiro óculos do mundo com capacidade para conectar-se à celulares habilitados com tecnologia Bluetooth e wireless (sem fios), produzido em parceria com a Motorola.
2006
● Lançamento do OAKLEY ROKR, óculos com telefone e tocador de mp3, desenvolvido, mais uma vez, em parceria com a Motorola, utilizando a tecnologia Bluetooth. Além de fazer e receber as ligações, o dispositivo também permitia receber músicas em estéreo no celular, enviadas por tocadores de música ou outros dispositivos equipados com essa tecnologia.
● Lançamento do OAKLEY RADAR, um óculos com lente intercambiável que permitia que os atletas se adaptassem às mudanças de luz. O modelo foi projetado com tecnologia de lente hidrofóbica que repele água e suor enquanto torna a superfície da lente imune a óleos e impurezas que corrompem a visão. Junto com o caimento customizado de componentes intercambiáveis da armação e a clareza da Oakley HDO®, estas inovações alcançaram um novo marco em óculos de alto desempenho.
● Lançamento do OAKLEY STOCKHOLM, criado especificamente para oferecer às mulheres o melhor em tecnologia de desempenho para goggles. A geometria craniana 3D da empresa garante um ajuste preciso, e inovações como a lente vazada ram-air fornecem um fluxo de ar para evitar o embaçamento que fica melhor ainda com o revestimento anti-embaçante F3.
2007
● Lançamento da primeira linha de óculos exclusivamente voltada para mulheres.
2008
● Lançamento de uma inovadora capa para iPhone feita de “Unobtanium”, um material plástico leve e resistente que foi desenvolvido para ser usado na fixação dos óculos, fazendo com que o aparelho não escorregue das mãos. A capa foi projetada para deixar a tela e todas as conexões e controles a mostra.
2009
● Lançamento do OAKLEY JAWBONE, óculos que utiliza a tecnologia SwitchLock, onde a parte inferior do aro da armação abre para permitir acesso fácil para a troca rápida de lentes, e um sistema de suspensão que mantém as lentes no lugar para que tensões na estrutura não prejudiquem a ótica. A tecnologia é combinada com as inovações de lentes para proporcionar aos atletas um nível de claridade visual e proteção inigualável na indústria.
● Lançamento do OAKLEY ELITE C SIX, que utiliza fibra de carbono, um material mais fino que um fio de cabelo, porém mais forte que aço de alta resistência. Esculpido com 24 horas contínuas de usinagem de Controle Numérico Computadorizado (CNC) e projetado com zonas flexíveis do metal com memória Beta Titanium, esses óculos são otimizados com as melhores tecnologias já criadas na indústria.
● Lançamento do OAKLEY COMMIT, óculos solar de alto desempenho com tecnologia intercambiável de lentes, especialmente desenhado para a anatomia delicada das mulheres que superam todos os limites.

Cinto Oakley
A paixão da marca
Definitivamente os óculos são a grande paixão, obsessão e fonte de inspiração da marca americana. Há mais de 30 anos a OAKLEY tem liderado o caminho em maximizar o estilo das lentes e o desempenho técnico. As lentes polarizadas da OAKLEY são projetadas com um processo de infusão líquida que une as moléculas do filtro polarizador e da lente, eliminando a distorção encontrada nas tecnologias convencionais. Não é nenhum exagero afirmar que a OAKLEY faz a diferença, e o consumidor colhe os benefícios quando colocar os óculos da marca. Ao longo dos anos, sete dessas tecnologias exclusivas da marca americana colocam suas lentes polarizadas no topo do mercado.
Hiper Definição Ótica (HDO): uma coleção de tecnologias que inclui inovações patenteadas para clarida ótica e desempenho inigualável.
Eixo de polarização: a orientação do filtro polarizador é crucial para o desempenho, por esse motivo a marca mantem a precisão intransigente das normas EN1836.
Molde por Infusão: o material das lentes se une ao filtro polarizador no nível molecular para eliminar a distorção.
Cores das Lentes: é possível combinar ótica com o ambiente escolhendo a partir de um espectro de cores de lentes opcionais.
Emissão Polarizada: esta medida de eficiência de polarização excede 99% nas lentes da marca, um nível de desempenho inigualável na indústria.
Resistência a Impactos: os óculos de desempenho da marca cumprem todas as normas de resistência à impactos da American National Standards Institute.
Hidrofóbico: Tecnologia que ajuda a manter a visão clara e nítida ao evitar o acúmulo de água e repelir óleos e impurezas das lentes. Poeira, sujeira e outras partículas não são atraídas à lente por eletricidade estática.

A sede
Para conhecer intimamente o universo da marca OAKLEY é preciso ter o privilégio, destinado a poucos, de poder entrar em seu headquarters (como os americanos chamam a sede principal de uma empresa), tendo a chance de circular em áreas muito restritas. O futurístico quartel general da marca, localizado em Foothill Ranch, um polo industrial no interior Califórnia a 30 minutos de Orange County, é absolutamente diferente de tudo e tem a alma da OAKLEY. A primeira visão que se tem daquela fachada, que mais parece um banker e se destaca por sua imponência, é algo inesquecível para toda vida. Principalmente com o azul do céu californiano como moldura em uma região árida e montanhosa. Parece até que uma filial de Hollywood se instalou ali com um cenário de ficção científica, de filmes como Guerra nas Estrelas, Blade Runner ou Alien. Mas aOne Icon (nome oficial da sede que, traduzido, significa “ícone número um”, uma alusão ao “O” de OAKLEY usado como ícone no logotipo), construída em 1997 ao custo de US$ 35 milhões, está muito longe de ser ficção. Apesar da arquitetura, em cujo estilo impera o concreto e o ferro, e da temática bélica, o clima é de paz. Jovens funcionários trajando bermuda, camiseta e chinelo se debruçam sobre pranchetas criando os próximos itens da marca, enquanto as músicas de Bob Marley e Red Hot Chili Peppers ecoam na sala. Porém, o verdadeiro show começa ao entrar no prédio. É comum se deparar com funcionários chegando de skate, outros do departamento de design estacionando suas bicicletas na porta da sala na volta do almoço e também alguns andando em meio ao escritório com seus cães. A arquitetura do hall de entrada reproduz a nave de uma grande catedral, porém sem conotações religiosas e com toda a reprodução do DNA OAKLEY em seu interior: um clima meio sombrio com ares urbanos, cheio de atitude, com um gigante exaustor em uma das extremidades, tubulações, canos, e arruelas enormes.


Além disso, um torpedo da marinha norte-americana, provavelmente utilizado na Segunda Guerra Mundial; e um carro de corrida com um ar futurista; decoram o hall. Na outra extremidade, duas áreas são reservadas a uma O Store (nome das lojas OAKLEY quando atua diretamente no varejo), pois a sede é visitada diariamente por muitas pessoas, sedentas para banharem-se do espírito da marca e conhecer mais de perto o império criado por Jim Jannard. A empresa guarda a sete chaves os segredos de seu modo de criação e produção. A preocupação é tão grande que no interior da sede é proibido acionar câmeras fotográficas. O local mais bem guardado é o departamento de design. No departamento do desenvolvimento de tecnologia, máquinas a todo vapor põem em prática os ousados projetos idealizados por uma moçada bastante jovem. As duas áreas caminham de mãos dadas e fazem da OAKLEY mais do que apenas uma grife. Ela é, na verdade, uma usina de idéias inovadoras com mais de 600 patentes registradas.


O prédio também abriga um pequeno museu, que reúne peças e campanhas publicitárias lançadas no decorrer dos anos, inclusive as manoplas originais, primeiro produto da marca; um sensacional teatro high-tech, com capacidade para 500 pessoas, onde ocorrem muitos eventos dos mais variados tipos; uma quadra de basquete oficial com as cores do Chicago Bulls (preto e vermelho), que além de servir para recreação dos funcionários, é utilizada por atletas e profissionais para testes de produtos e também para treino das equipes de basquete da NBA (National Basketball Association) que, quando estão na região, dão uma passada por lá. E a razão do ex-time de Michael Jordan “estampar” a quadra é que, durante muitos anos, o astro do basquete mundial nos anos 90 foi um grande parceiro da OAKLEY, participando, inclusive, do conselho de administração da empresa e atuando como colaborador no desenho e criação de um dos modelos de óculos, além de ser garoto-propaganda da marca.


Os atletas
A marca OAKLEY patrocina alguns dos melhores atletas do mundo em esportes como BMX, mountain bike, esqui, snowboard, wakeboard, hóquei, golfe (Ricky Barnes e Zach Johnson), automobilismo (Juan Pablo Montoya, Dario Franchitti e Tony Stewart), vôlei de praia (Kerri Walsh e Priscilla Lima), surf (Adriano de Souza, Tom Whitaker, David Weare, Kalani Chapman, Rico Jiminez, Julian Wilson e Bruce Irons), skate (Bob Burnquist e Sandro Dias), tênis (Janko Tipsarevic) e ciclismo (Lance Armstrong e Frank Schleck). Seu maior garoto-propaganda é justamente o campeão de ciclismo Lance Armstrong, para o qual a marca desenvolve produtos especiais como os óculos de edições especiais Livestrong. Os modelos eram revestidos nas cores amarelo e preto (cores de Lance Armstrong e de sua Fundação) e levavam a inscrição Livestrong incisa a laser nas lentes. Eles apresentavam alta definição ótica, nitidez e um inovador revestimento nas lentes que as deixava imunes à água, óleo e poeira.


A evolução visual
O logotipo da OAKLEY mudou bastante no decorrer dos anos, especialmente na década de 90. Hoje em dia, o reconhecimento da marca chegou a tal estágio que apenas o tradicional “O Icon”é utilizado como logotipo. É o mais puro exemplo de Branding.


Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos
● Fundação: 1975
● Fundador: Jim Jannard
● Sede: Foothill Ranch, Califórnia
● Proprietário da marca: Luxottica Group S.p.A.
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Chairman: Jim Jannard
● CEO: Colin Baden
● Faturamento: US$ 1.3 bilhões (estimado)
● Lucro: Não divulgado
● Lojas: + 250
● Presença global: 110 países
● Presença no Brasil: Sim (6 lojas)
● Funcionários: 3.400
● Segmento: Equipamentos esportivos
● Principais produtos: Óculos, relógios, mochilas e calçados
● Principais concorrentes: Nike, Reebok, Adidas e Signature Eyewear
● Ícones: A letra O estilizada do logotipo
● Outros negócios: RX Division (divisão de prescrição)
● Slogan: Making History. Again.
● Website: www.oakley.com

A marca no mundo
Hoje em dia a OAKLEY possui mais de 250 lojas próprias (incluindo as Oakley Vaults, lojas de descontos da marca), está presente em 110 países, com faturamento superior à US$ 1.3 bilhões, emprega 3.400 pessoas, além de produzir mais de dez milhões de óculos anualmente. Décadas de inovação levaram a uma gama completa de produtos, incluindo vestuário e acessórios (carteiras, cintos mochilas e bolsas), óculos de prescrição, calçados (além de uma linha completa de sandálias e sapatos de golfe premium, oferece calçados para neve, caminhadas, corridas de automóveis e aplicações militares), relógios e eletrônicos. Aproximadamente 75% do seu mercado é composto pela venda de óculos, 56% nos Estados Unidos e 44% em outros países. Atualmente, o Brasil possui seis lojas OAKLEY e responde por 10% dos negócios mundiais da empresa. A OAKLEY é considerada uma das marcas mais luxuosas e inovadoras do mundo, ao lado de grifes como Audi e Absolut Vodka.

Você sabia?
● Oakley era originalmente o nome da cadela, uma Setter inglesa, do fundador da empresa Jim Jannard.
● Os óculos de sol da OAKLEY são feitos com lentes de Plutonaite (patente própria) que são as únicas lentes 100% puras do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>